Curiosidades II

 

  • Você sabia?

Que as moedas de 1 centavo já pararam de ser produzidas pelo seu alto custo e baixo benefício. O Banco Central considera que o brasileiro já arredonda os valores para cima. Assim sendo, o BC praticamente admite que a única função dessas moedas é aumentar o desejo de consumo quando os preços ficam por R$1,99 em vez de R$2,00, por exemplo, o que só é possível graças às moedas de 1 centavo. É a psicologia do consumismo.

 

A moeda de 10 centavos de real estava pronta para circular, mas precisou ser modifcada na última hora. É que, na primeira versão, Dom Pedro I aparecia empunhando a espada com a mão esquerda na Proclamação da Independência. Alguém viu a tempo que o imperador brasileiro foi retratado erguendo a espada com a mão direita, mesmo sendo canhoto, no célebre quadro de Pedro Américo. A pintura se tornou a principal imagem da Proclamação da Independência.

 

Na troca do cruzeiro real para o real, nove bilhões de reais foram para os bolsos dos brasileiros e o equivalente a 18 bilhões de dólares ficaram nas caixas-fortes do Banco Central, espalhadas como reserva pelas principais capitais.

 

Em Brasília, a sede do Banco Central tem uma caixa-forte de 3 mil metros quadrados enterrada no sexto subsolo.

 

Se fossem colocadas uma sobre a outra, as 300 mil caixas com 1,5 bilhão de novas cédulas de real formariam um pilha duas vezes mais alta que o monte Everest.

 

Em 1997, o Banco Central teve de repor 298 milhões de cédulas de 1 real que estavam destruídas — o que é mais da metade do total de cédulas de 1 real em circulação no país. Essa reposição custou 14 milhões de reais.

 

Quer saber mais sobre nossa moeda?

Acesse http://www.sociedadedigital.com.br/artigo.php?artigo=110&item=4

 

Voltar